Representantes de municípios debatem em reunião da AMVA utilização bem-sucedida de agregado siderúrgico da Usiminas.

O município de Ipatinga anfitrionou, na tarde desta quinta-feira (20), a reunião bimestral do programa ‘Caminhos do Vale’, que já beneficia 26 cidades ligadas à Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Aço (AMVA) com o aproveitamento de agregado siderúrgico, material produzido pela Usiminas por meio de um processo de transformação a partir da escória da aciaria.
O encontro foi realizado no Escritório Central da siderúrgica, reunindo inúmeros prefeitos, além de assessores das áreas de obras e meio ambiente.

Secom PMI

Prefeitos de vários municípios reuniram-se em Ipatinga para avaliação do programa que usa resíduos siderúrgicos na melhoria de estradas rurais, em substituição ao cascalho.

Ao dar as boas-vindas aos visitantes, o prefeito de Ipatinga, Sebastião Quintão, enalteceu “a capacidade da Usiminas de gerar ideias e gestá-las dentro de uma visão global de desenvolvimento, com responsabilidade social, caráter solidário e transformador”.
Ao mesmo tempo, ele conclamou os administradores presentes a “continuarem pensando coletivamente, quebrando barreiras de exclusivismo em prol de soluções mais abrangentes para o bem-estar das comunidades”.
Além de Quintão, a reunião foi prestigiada pelos prefeitos de Ipaba, Geraldo da Farmácia (PMDB); Braúnas, Jovani Duarte Menezes (PROS); Vargem Alegre, Neudimar Ferreira Campos (PDT); Dionísio, Farias Menezes de Oliveira (PROS); Ubaporanga, Gilmar de Assis Rodrigues (PPS); Entre Folhas, Ailton Silveira Dias (PMDB), e Antônio Dias, Benedito de Assis Lima (PSDB), mais a vice-prefeita de Mesquita, Maria Conceição de Oliveira Marinho (PT).
Também prestigiaram o encontro o presidente nacional da ABM – Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração, Horacídio Leal Barbosa Filho, e o diretor regional da organização, Geraldo Arruda Maia, gerente geral da Laminação da Usiminas.
Material
Em Ipatinga, o agregado siderúrgico é utilizado com sucesso em diversas regiões, tanto na área rural quanto em alguns espaços urbanos. Requerendo o emprego de um terço de argila na sua aplicação, para garantir um melhor resultado de compactação, entre outros locais ele foi usado na estrada do Ipaneminha, cobrindo um trecho de 5 km, e também na estrada de Tribuna, com 9 Km de extensão.
O trecho ipatinguense da ‘Estrada da Amizade’, que liga o bairro Bom Jardim ao distrito de Melo Viana, em Coronel Fabriciano, de onde a prefeitura já retirou cerca de 500 toneladas de entulhos, é outro que deverá receber o material.

Em Antônio Dias está sendo aplicado pelo prefeito Benedito de Assis Lima em todas estradas que ligam a cidade as comunidades rurais.
De acordo com o diretor de Coprodutos da Usiminas, Henrique Santos, desde que começou a ser utilizada a fórmula do agregado siderúrgico, com a comprovação de sua funcionalidade e propriedades ecologicamente viáveis, já foram empregadas mais de 1 milhão de toneladas do material, cobrindo cerca de 600 km de estradas rurais e também áreas urbanas.
A reunião desta quinta-feira, que contou também com exposição feita pelo secretário-geral da AMVA, Albson Alvarenga, serviu para exposição das melhores práticas de utilização do agregado entre os municípios já beneficiados, com potencialização de resultados.

Fonte: Diário do Aço