Temos 4 ouvinte(s) agora

Festa da Padroeira da cidade

Acontecerá em setembro mais uma festa da padroeira da cidade. Confiram Convite:

cartaz_festa_nossa senhora da piedade 2014

2 panfleto_festa_nossa senhora da piedade 2014

1 panfleto_festa_nossa senhora da piedade 2014_


Este artigo recebeu a atenção de 187 leitores

Tarde esportiva no Mirandão

Jogo de Futsal


Este artigo recebeu a atenção de 149 leitores

Festa de São Cristóvão e dos Motoristas

P1020735

Sob uma chuvinha intermitente e frio conteceu neste domingo dia 27 de julho as 18 horas a carreata em homenagem ao santo protetor dos motorista. A procissão saiu da praça Ana Angélica até a rua da Barragem no bairro Pasto Grande retornando ao ponto de partida em frente a igreja matriz onde os veículos foram abençoados pelo Padre Elinei, logo após aconteceu a missa festiva com as intenções voltadas a todos profissionais e amadores do volante.

A festividade continuou na praça, com barraquinhas e uma animada quadrilha idealizada pelos jovens da nossa comunidade.

P1020741P1020742


Este artigo recebeu a atenção de 171 leitores

Garimpo de pedras semipreciosas em Hematita

Envolvidos estavam na zona rural do distrito de Hematita, município de Antônio Dias

Um grupo de pessoas foi preso nesta sexta-feira por atuarem em um garimpo ilegal. As nove pessoas foram flagradas em uma área rural do distrito de Hematita, próximo a Lagoa Verde, em Antônio Dias. Entre os conduzidos, há uma adolescente apreendida.

O sargento Wesley Chaves, da Polícia Militar Ambiental, explicou que denúncias anônimas informaram que uma área de preservação permanente era  desmatada para a extração de pedras semipreciosas, incluindo cristal e topázio. “Quando chegamos, várias pessoas correram. Abordamos nove indivíduos, incluindo uma adolescente. Questionados, eles informaram que extraiam as pedras para a venda. Também informaram que o local do garimpo é uma área privada”, relatou o militar.

Com os garimpeiros foram apreendidos 15 quilos de topázio e cristal, além de lanternas, peneiras e ferramentas utilizadas na extração. “Essas pedras variam de valor. Já apuramos que outros garimpeiros chegaram a vender uma pedra de 50 quilos de topázio por R$ 60 mil”, acrescentou.

Wesley Chaves explicou que há uma estrutura de garimpo montada no local, com indícios que se trata de uma antiga atividade ilegal na área de preservação. “Há vários túneis, alguns com até 15 metros de profundidade. Os conduzidos nos disseram que são muitos garimpeiros. Acreditamos que alguns fazendeiros da região também estão envolvidos no esquema, mas isso ainda será investigado. Sabemos que alguns grupos se deslocam pra lá por volta das 19h e só saem às 4h. Já o outro grupo, composto por esses que prendemos, entram a partir das 7h”, informou o sargento. 

Foram presos Maria Lúcia Alves Freitas, Maria Aparecida Freitas, Maria Benedita de Freitas Gonçalves, Antônio Luiz Fernandes, Airton Gonçalves da Silva, Webert Tibes de Oliveira, Robson José de Sá e José Maria Sá Ramos, e apreendida uma adolescente de 17 anos.

Conduzidos vão responder pelos crimes de extração de pedras semi-preciosas sem licença ambiental e por esta atividade ter sido realizada em área de preservação permanente

o grupo foi detido e trazido para Ipatinga nesta sexta-feira é composto por pessoas aparentemente humildes, com condições financeiras precárias e que decidiram tentar a sorte no garimpo ilegal. 

Com as roupas ainda cobertas de lama, o garimpeiro José Maria confirmou que atua na ilegalidade. “Tem garimpeiros de alto porte lá, fazendeiro bruto, que pegam as pedras maiores durante a noite. A gente só vai lá pela manhã, quando eles saem, e ficamos com o resto, que não dá quase nada de dinheiro. E se a gente for lá à noite, levamos tiro, porque ficam seguranças armados lá vigiando. Os tubarões, os grandes, que deveriam estar aqui, não estão. E agora vamos pagar por algo que não temos culpa. A extração existe tem anos, agora que ficou divulgado e muita gente passou a ir pra lá. Mas os fazendeiros da região já retiraram milhões de reais com a extração dessas pedras”, afirmou.

O grupo foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Ipatinga e vai responder pelo crime ambiental. O sargento Wesley informou que eles vão responder pelos crimes de extração de pedras semi-preciosas sem licença ambiental e por esta atividade ter sido realizada em área de preservação permanente.

I087365.jpgFonte; Fotos e reportagem jornal Diário do Aço.


Este artigo recebeu a atenção de 124 leitores

Mudas de pupunha são levadas para zona rural

A administração municipal intermediou a compra de 510 quilos de sementes da nova cultura.

Cerca de 110 mil mudas de palmito pupunha, cultivadas desde janeiro no Viveiro Municipal, começaram a ser transportadas para unidades produtivas localizadas na zona rural de Ipatinga e região. As plantas são carregadas em caminhões oferecidos gratuitamente pela Cenibra aos produtores rurais, que no ano passado se interessaram em participar da organização da cadeia produtiva do palmito. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura de Ipatinga, integrando a política de incentivo à diversificação da economia regional.

“A partir da entrega das plantas aos produtores, as mudas serão cultivadas até novembro, em viveiros montado nas propriedades, antes de serem efetivamente plantadas nos terrenos”, detalha o diretor do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento da PMI, Wagner Eustáquio.

No ano passado, a administração municipal intermediou a compra de 510 quilos de sementes da nova cultura, junto à Cooperativa Agropecuária e Florestal do Projeto Reca, em Rondônia. A prefeitura também solicitou ao Sebrae a elaboração de um estudo de viabilidade econômica para a comercialização do produto.

“Essa é mais uma iniciativa da administração para fomentar atividades empreendedoras e diversificar a economia local. Os produtores assumiram o projeto da cadeia produtiva do palmito pupunha e a PMI tem dado todo suporte”, explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdetur), Amarildo José de Assis.

Entusiasmado com a expectativa de um mercado promissor, o advogado e jornalista Luciano Oliveira Gomes, de 36 anos, fez questão de acompanhar de perto o transporte das 20 mil mudas de pupunha que adquiriu no fim do ano passado. “Acredito em 100% de lucro. É um tipo de produto que tem mercado na região”, afirma Oliveira, que vai plantar as mudas num terreno da família em São Cândido, na zona rural de Caratinga. “Construi um viveiro com o suporte técnico da Emater, e estou empolgado com a produção do palmito. Já contratei cinco pessoas para cuidar da plantação”, conta. 

No próximo mês, a Prefeitura de Ipatinga vai promover mais uma atividade de capacitação para os produtores do palmito pupunha, com a realização de um dia de campo. As aulas vão abordar temas como irrigação, adubação e preparação do solo.

FONTE: Diário do Aço


Este artigo recebeu a atenção de 66 leitores

Protocolo de Intenções do Grupo Bemisa

Foi assinado nesta quarta-feira dia 23 de julio de 2014 o protocolo de intenções do Grupo Bemisa (mineradora na mina de Baratinha) com o município de Antônio Dias.

Confiram:PROTOCOLO FOLHA 1

PROTOCOLO FOLHA 2

PROTOCOLO FOLHA 3

PROTOCOLO 4


Este artigo recebeu a atenção de 158 leitores

Início das Aulas do Pronatec Fic

P1020713

Em uma realização da Secretaria de Assistência Social e CRAS com o apoio da Administração Municipal e participação do SENAC de Coronel Fabriciano iniciaram nesta segunda-feira dia 21 de julho as aulas do Pronatec Fic no município de Antônio Dias. As aulas serão ministradas na Escola Municipal Crispiniano de Morais no bairro Severo.

Foram matriculados 58 alunos no curso de Auxiliar Administrativos e as aulas serão de segunda a quinta-feira.

Em parceria com o Ministério da Educação (MEC), o Plano Brasil Sem Miséria (BSM) coordena a oferta de vagas de qualificação profissional no âmbito do Programa Nacional de Acesso Técnico e Emprego (Pronatec). São cursos de formação inicial e continuada voltada para a inserção no mercado de trabalho, com duração mínima de 160 horas. Os cursos serão ofertados em instituições de reconhecida qualidade no ensino técnico e tecnológico, como as unidades do sistema nacional de aprendizagem (SENAC e SENAI) e a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. A oferta é gratuita e os beneficiários recebem alimentação, transporte e todos os materiais escolares.
A execução do programa é desenvolvida junto às prefeituras municipais, por meio da assistência social, que se responsabilizam pela mobilização dos beneficiários, pré-matrícula e acompanhamento dos alunos. A meta do Plano BSM é capacitar um milhão de pessoas inscritas no CadÚnico até 2014.

PRÉ-REQUISITOS:
Os pré-requisitos para participação no PRONATEC/Brasil Sem Miséria são:
- Idade a partir dos 16 anos;
- Estar cadastrado ou em processo de cadastramento no CADÚNICO (Cadastro Único) mesmo que o candidato não seja beneficiário do Programa Bolsa Família ou do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O candidato interessado nos cursos Pronatec/BSM que não esteja cadastrado no CADÚNICO mas que tenha o perfil para cadastramento, poderá ser matriculado normalmente pelo Pronatec/BSM, desde que também seja encaminhado ao órgão municipal responsável pela inclusão de famílias no Cadastro Único.

Informamos que, caso o candidato seja beneficiário do Programa Bolsa Família, a matrícula nos cursos do PRONATEC/BSM não implicará na perda de benefício.

Esclarecemos que qualquer membro da família poderá participar do PRONATEC/BSM, não havendo limite por família. Na pré-matrícula, o gestor municipal deverá observar o Decreto 6.481/2008, de 12 de junho de 2008, para não incluir adolescentes de 16 e 17 anos de idade em cursos de qualificação relacionados a atividades econômicas vedadas a menores de 18 anos.

Pessoas com deficiência terão prioridade na ocupação das vagas da bolsa-formação, conforme previsto no Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Viver sem Limite.

P1020708


Este artigo recebeu a atenção de 115 leitores

Entrega do uniforme da escolinha de futebol Hematita

DSCF5233

No dia 16 de julho foi integre na comunidade de Hematita o Uniforme da Escolinha de Futebol com o apoio da Sub- Prefeitura, Associação Atlética de Hematita, Professor Marcos, Fundação Francisco de Assis e Tia Eliana. 
Mais uma etapa vencida, agradeço primeiro a DEUS que tem nos abençoado em tudo e apoio de pessoas queridas que vem contribuindo para que tudo isso se tornasse realidade, valeu meus amigos, Prefeito Carlinhos, Vereador Reginaldo, Marambar Mineração ( Miranda), Bar e Mercearia Armilar, Lelé Materiais de Construção, Empresa Pereira Marques ( Lila), pelo patrocínio dos uniformes dos nossos futuros Atletas Cidadãos. Que DEUS abençoe poderosamente cada um de vocês e que vocês recebam tudo em dobro.

IMG_2028IMG_2038


Este artigo recebeu a atenção de 93 leitores

15º Rodeio e Cavalgada de Hematita

Confiram:

THU-CARTAZ-RODEIO HEMATITA-PM ANTONIO DIAS


Este artigo recebeu a atenção de 116 leitores

Inauguração do Campo de Futebol da Comunidade de Mangorreira. “MANGOLAÇO”

P1020680

Hoje dia 20 de julho atendendo a antigo anseio da comunidade de Mangorreira, a administração municipal e a secretaria de Cultura Desporto e Lazer inaugurou o campo de futebol na comunidade.

As festividades tiveram início às 10h00min com a disputa do time local contra o time liderado pelo secretário de Cultura Desporto e Lazer, o jovem Jaiminho e o colaborador Elcio Ataide.

Durante o jogo houve vendas de variadas guloseimas por senhoras e representantes da Ecodinâmica sendo a renda para a escolinha da comunidade.

A partida em dois tempos de 30 minutos terminou empada no tempo normal em 3X3 sagrando –se vencedora a equipe visitante na disputa dos pênaltis.

Logo após a partida houve entrega de troféus aos participantes. Em seguida todos os presentes foram convidados para o almoço que aconteceu no pátio da escola com churrasco, bolo comemorativo e até música popular brasileira, ao vivo, com uma dupla do Vale do Aço.

Presenças de grande parte da comunidade, da família Letro e Brito, destacamos também as presenças do prefeito Carlinhos, vereador Ditinho, secretário da educação Sr. Benedito Alencar, representantes da Ecodinâmica, Ingrid e Lorena, que sempre estão apoiando a comunidade em especial a escola ali existente e o Eng.º Weliton Letro da Cia. Energisa que atende a Hidroelétrica Guilman Amorim.


Este artigo recebeu a atenção de 245 leitores
Rádio Integração 98 FM Entre em Contato Conosco
Enviar